Academia de Basquetebol : site oficial do clube de basquete de Coimbra - clubeo

Para refletir

13 de novembro de 2016 - 21:39

Para refletir:
Porque paga para o seu(a) filho(a) para treinar e jogar basquetebol?
"Um pai pergunta para outro:
- Porque gastas tanto dinheiro e tanto tempo a correr de um lado para o outro para ver o teu filho a treinar e a disputar campeonatos de basquetebol?
O outro pai responde: Bem, eu tenho que te dizer, eu não pago para o meu filho treinar Basquetebol!!
- Então, se não pagas para ele treinar e jogar, o que estás a pagar? Replica o outro pai.
- Bom… - responde o pai do atleta. - Eu pago por aqueles momentos quando o meu filho está tão cansado e sente que quer desistir, mas não desiste...
- Eu pago pela oportunidade do meu filho poder ter amizades duradouras.
- Eu pago pela oportunidade de que ele possa ter incríveis mestres que lhe irão ensinar não apenas sobre a luta, mas sobre o jogo da vida.
- Eu também pago para que o meu filho possa aprender a ser mais disciplinado.
- Eu pago para que o meu filho possa aprender a cuidar do seu corpo.
Eu pago para que o meu filho possa aprender a trabalhar com os outros, a ser solidário, gentil e um bom membro de EQUIPA!
- Eu pago para que o meu filho possa aprender a lidar com a deceção, quando não ganha ou erra um passe, embora tenha praticado mil vezes, mas ainda assim ergue a cabeça e está determinado a fazer melhor da próxima vez...
- Eu pago para que o meu filho possa aprender a alcançar objetivos.
- Eu pago para que o meu filho possa aprender que trabalhar durante horas e horas arduamente, leva à criação de um campeão e que o sucesso não acontece do dia para a noite.
- Eu pago para que o meu filho possa estar num campo de basquetebol, ao invés de se interessar com as coisas erradas...
- Eu poderia continuar a falar, mas para ser breve, eu não pago para ele treinar nem jogar, eu pago pelas oportunidades que o desporto lhe proporciona para desenvolver atributos que servirão para o bem de toda a sua vida e lhe darão a oportunidade de abençoar a vida de outros, respeitando todos os espaços.
Pelo que tenho visto, por muitos e muitos anos, acho que é um grande investimento, e isso, é o que posso deixar tanto para o meu filho como para sociedade.

Comentários